Dúvidas sobre segurança? Pergunte ao especialista

 Em linhas gerais, quais são as informações pessoais as quais empresas como Google e Facebook têm acesso?

Além de informações básicas – como nome, idade, residência - existem algumas empresas e redes sociais que atualmente solicitam até mesmo informações como RG, CPF, e dependendo do nível de conhecimento do usuário, que em sua maioria é somente o de utilizar o superficial da rede, pode ali estar autorizando a rede a usar essas informações como melhor lhe convir, seja com oferecimento de produtos, seja com cruzamento de informações.

 

Como essas informações são utilizadas pelos algoritmos?

São utilizadas de diversas formas. Um exemplo são as ações de marketing que, de modo automático e imperceptível quando baixamos os famosos cookies (que são arquivos temporários contendo diversas informações de tudo que o usuário acessou), passam a ter acesso a dados importantes a serem aproveitados por plataformas de compras, pesquisas, redes sociais... levando a saberem o que você está interessado no momento.

 

Aplicativos podem ter acesso ao microfone e à câmera do celular mesmo trabalhando em segundo plano? Em outras palavras, o celular "escuta" o que as pessoas estão dizendo e pode usar isso como informação para direcionar anúncios, por exemplo?

Isso depende do nível de permissão que o usuário libera para os aplicativos instalados no seu Smartphone e da confiabilidade do aplicativo. Muitos deles solicitam acesso ao microfone, câmera e chamada; sendo que alguns nem funcionam se o usuário não aceitar tais requisições. Ou seja, sim, escuta! Existem até mesmo aplicativos que utilizam de meios indevidos para acessar os componentes, mas sem dúvida seus fabricantes e desenvolvedores nunca irão confirmar. Informações tanto podem ser usadas para fins publicitários quanto para espionagem.

 

Os usuários de smartphone devem se preocupar com o compartilhamento e armazenamento dessas informações?

É necessário precaução com informações pessoais, tudo que temos de informações pessoais em dispositivos como notebooks e smartphones devem ser guardados com extremo cuidado. Fundamental utilizar senhas e evitar de guardar fotos de extrema exposição pessoal.

 

Quais são os cuidados que o usuário deve ter ao instalar um novo aplicativo e conceder permissões?

É necessário conhecer a fonte e ter certeza de que o aplicativo a ser instalado é mesmo o que o usuário procura, pois a maioria deles pede permissão para acessar os componentes do SmartPhone e muitos nem funcionam caso não seja dada a permissão. Rejeitar sempre aplicativos que solicitem desabilitar uma função nativa dos SmartPhone que é “Instalar de fontes Desconhecidas”. Também recomenda-se verificar, sempre que possível, a reputação e comentários sobre o aplicativo.

 

Existem outros cuidados para resguardar a privacidade na internet?

A orientação é que haja, por parte dos usuários, atenção no que ele venha a acessar, clicar, se cadastrar e comprar pela internet. Muitas das vezes o próprio usuário permite que as suas informações sejam expostas, simplesmente por não ter “ATENÇÂO” nas informações solicitadas, como por exemplo:

 

  1. Rede sociais – no mundo o Facebook é a maior rede social. Outras redes sociais sempre perguntam se podem ter acesso a sua rede de amizades do Facebook. Quando utilizada a mesma conta, informações pessoais como telefone e endereço são cruzadas com outras bases de dados.
  1. Sites de compras – hoje os sites com o “boa intenção” de facilitar a compra dos clientes, perguntam se o cliente já não quer deixar seus dados de cartão de crédito já preenchidos e salvos no site para futuras compras. Isso é extremante perigoso!
  1. Cliques inconscientes – a pressa de acessar determinados conteúdos leva o usuário a clicar muita das vezes sem ao menos ler as informações apresentadas, podendo o mesmo estar concordando com algo potencialmente perigoso em questão de segurança na internet.
  1. Acesso Internet Bank – Usuários devem evitar acessar sites de bancos onde o campo de preenchimento de senha não seja em teclado virtual, pois isso inibe o atacante de, por exemplo, extrair as informações digitadas em teclado físico nos sites. Conferir sempre se o endereço acessado corresponde ao desejado também é fundamental.

 

Estando atento a alguns cuidados como esses é possível evitar diversos problemas e manter sua privacidade segura.

 

Arcon Serviços Gerenciados de Segurança  

 

Checklist de Segurança nas Redes Sociais